Publicidade
Ads
Ads

Sustentabilidade na estética: uma questão de conscientização

A ambiental está mudando não apenas a forma como encaramos a , mas também mudando o nosso jeito de pensar, a forma como enxergamos a vida, a natureza e o planeta. Tudo está conectado e interligado, e compreender isso é essencial para o nosso futuro. Muitas marcas de beleza estão mudando para embalagens sustentáveis e optando por ingredientes naturais, ou seja, de origem vegetal. Essa mudança responde à crescente procura por produtos e procedimentos que não prejudicam o nosso planeta. Essa mudança não é apenas ; é uma mudança de mentalidade que se reflete na nossa abordagem em relação à natureza e ao .

Há dois meses, retornei ao Reino Unido e pude testemunhar de perto a crescente tendência desse mercado. Essa transformação não é um modismo passageiro; é uma questão de consciência e, mais do que isso, uma questão de sobrevivência. Muitas marcas de beleza no Reino Unido estão adotando práticas sustentáveis, mudando para embalagens eco-friendly e optando por ingredientes naturais.

A estética, que busca realçar a beleza única e singular, está passando por uma mudança significativa. Agora, além de valorizar a autenticidade e celebrar a diversidade, estamos começando a repensar sobre a nossa conexão com o mundo ao nosso redor. E à medida que a indústria vai se adaptando, a mensagem cada vez está mais clara: a estética não é apenas sobre a beleza, mas também sobre expressar quem somos e promover uma abordagem saudável e autêntica para sermos a nossa melhor versão.

Ao nos adaptarmos a essa nova visão da estética, percebemos que estamos não apenas mudando a nossa abordagem em relação à beleza, mas também à vida em geral. A consciência ambiental se torna um ponto central. Pois entendemos que sem ela, a na Terra está comprometida. Já testemunhamos os sinais desse desequilíbrio em catástrofes como furações, terremotos, alagamentos e a crescente poluição. A interconexão entre nossas escolhas estéticas e o estado do planeta torna-se cada vez mais evidente.

O impacto vai além dos dias atuais; é sobre o futuro dos nossos filhos, netos e bisnetos. Não há um planeta B e não existe uma segunda opção. Temos apenas este planeta, onde a mãe natureza está sendo castigada pelas nossas ações, e os reflexos estão por todo o lado. Os recursos naturais não são renováveis, e é nossa responsabilidade adotar práticas sustentáveis para garantir que as gerações futuras possam desfrutar de um ambiente saudável e equilibrado.

A valorização do é uma parte importante disso. A beleza agora é encarada como algo que vai além da superfície da pele. Trata-se de cuidar do nosso corpo e da nossa mente, e muitos estão buscando produtos que se alinhem a esse princípio e para alguns como uma filosofia de vida.

A sustentabilidade tornou-se um pilar central nessa batalha. As marcas estão reconhecendo a importância de minimizar seu impacto no meio ambiente. Embalagens recicláveis, redução do uso de plástico e ingredientes provenientes de fontes sustentáveis são iniciativas comuns. Essas escolhas não apenas beneficiam a natureza, mas também refletem a crescente consciência de que nossa busca pela beleza não deve prejudicar o planeta, as pessoas e os animais.

Além disso, a ascensão dos cosméticos veganos e cruelty-free desempenha um papel vital nessa revolução da beleza, bem-estar e da estética. A crescente conscientização sobre o bem-estar animal e a busca por opções éticas levaram a um aumento na procura por produtos que não apenas realçam a beleza, mas também são produzidos de maneira ética, sem ingredientes de origem animal, substituindo-os por ingredientes de origem vegetal. Um exemplo disso é o crescente uso do vegetal ou vegano, extraídos de plantas. Marcas que adotam práticas cruelty-free e veganas estão sendo reconhecidas por oferecerem opções alinhadas aos valores éticos de muitos consumidores.

Em resumo, a estética está evoluindo para atender às necessidades e desejos das pessoas modernas. Não é apenas sobre parecer bonito; é sobre sentir-se bem consigo mesmo, celebrar a diversidade, cuidar do nosso planeta e respeitar os animais. Ao escolher produtos e procedimentos sustentáveis, veganos e cruelty-free, estamos não apenas investindo em nossa própria beleza, mas também contribuindo para um mundo mais saudável, ético e autêntico. A beleza agora é para todos, de uma forma que não comprometa o nosso precioso lar, o planeta Terra.

Assim, ao escolhermos cosméticos sustentáveis, veganos e cruelty-free, não apenas investimos em nossa própria beleza, mas também contribuímos para a preservação do planeta que chamamos de lar. Estamos, portanto, não apenas transformando nossa estética, mas também nossa visão de mundo e nossa responsabilidade em relação ao futuro da Terra. A beleza agora é uma expressão não apenas de quem somos individualmente, mas de como cuidamos do nosso planeta.

Aqui no Brasil, diversas marcas estão percebendo que a beleza precisa estar em sintonia com a natureza, com isso elas estão pesquisando, criando, lançando e adicionando novas linhas de produtos naturais, cosméticos e dermocosméticos veganos ao seu catálogo. Existem empresas nacionais que são 100% veganas e oferecem uma variedade de produtos, como perfumes, cremes, sabonetes, shampoo, condicionador, tintura para , óleos essenciais, filtro solar, pincéis de maquiagem, entre outros. Além de beneficiarem tanto nós quanto os animais e o meio ambiente, muitos desses produtos são de excelente qualidade. Eu uso e aprovo, então eu poderia citar várias marcas e produtos, mas deixarei isso para outra ocasião. Mas, deixarei a dica de como identificar esses produtos, normalmente no rótulo frontal da embalagem está escrito: produto vegano, origem vegetal e alguns simplesmente não tem essa informação. O ideal é sempre ler o rótulo e identificar os ingredientes de sua composição. Vale também ressaltar que alguns produtos vêm como selos tanto na frente ou no verso da embalagem, segue alguns exemplos: Certificado Produto Vegano da SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), 100% vegano, cruelty free, cruelty free and vegan, botânico e vegano, entre outros.

O importante é lembrarmos da importância de nossas escolhas, que elas refletem e impactam diretamente no meio ambiente e independente da origem do produto, nós precisamos fazer o descarte corretamente e sempre que possível reciclar as embalagens. Ter a consciência que as nossas mudanças de atitude podem salvar vidas e minimizam os danos causados ao nosso planeta.

Elaine Simon

Graduada em Fisioterapia, Pós-graduada em Biofotônica (LASERs e LED), Fisioterapia Geriátrica e Dermatofuncional. Possuo Certificações Internacionais UE e EUA em Dermopigmentação Paramédica e Despigmentação de Micropigmentação e Tatuagens. Marketing e Saúde. Você também pode me encontrar no Instagram: @draelainesimon

Todos os posts

Posts Relacionados

  • All Post
  • Beleza
  • Bem estar
  • Convidados
  • Editorial
  • Entrevistas
  • Estética
  • Notícias
  • Saúde
Fonte Freepik

8 de março de 2024/

Dia Internacional da Mulher – Nossa homenagem será durante todo o mês de março O Dia…

Publicidade
Ads
Ads

Nota: A informação online é valiosa, mas não substitui a consulta médica. Websites oferecem conhecimentos gerais, porém, cada pessoa é única. A avaliação profissional personalizada é crucial para diagnósticos precisos e tratamentos adequados. Autodiagnóstico e automedicação apresentam riscos. Médicos atualizam constantemente seu conhecimento. Consultas regulares são essenciais para detectar precocemente problemas de saúde. Use a internet como complemento educacional, mas confie no profissional de saúde para decisões informadas sobre seu bem-estar.

© 2024 Lume Saúde e Beleza | Todos os direitos reservados | CNPJ: 52.292.734/0001-95

Criado por www.digitalpathx.com.br

Categorias

Tags