Publicidade
Ads
Ads

Ansiedade e Comportamento Alimentar: A Necessidade de Tratamento – Letícia Margallo

O Impacto da no Comportamento Alimentar e a Necessidade de Tratamento Adequado. Comer por ansiedade é muito comum, mas não é NORMAL. Na verdade, sentir-se ansioso o tempo inteiro não é normal. Ninguém É ansioso(a). Você pode estar ansioso(a) por alguma questão pontual: uma entrevista, um relacionamento, uma reunião… Mas SER ansioso, ou seja, se sentir ansioso o tempo todo, de modo que atrapalhe a realização das suas tarefas, o descanso ou, em casos mais graves, a sua , não é normal, é um transtorno e PRECISA ser visto e tratado.

Sentir o coração acelerado, suor frio, falta de ar e dificuldade de organizar os pensamentos configura uma crise de ansiedade, mas não conseguir começar e terminar uma tarefa, sofrer por antecipação e precisar de suporte para encarar as atividades diárias podem ser sinais de ansiedade generalizada. Esse suporte pode ser buscado na bebida alcoólica, no cigarro, na rolagem de telas e na comida e costumam agravar o quadro depois de consumados, com uma sensação de fracasso e de arrependimento logo em seguida.

Essa forma de funcionar em eterno estado de alerta, é capaz de aumentar o apetite e favorece a formação de uma associação entre o estado de alerta e o consumo de alimentos, em geral mais palatáveis e calóricos e, se o comportamento de suporte for o de comer, pior ainda, mais chances de comer , ganho de peso e piora da ansiedade, bem no modelo “bola de neve”.

Nos dias atuais a velocidade de tudo é tamanha que achamos normal, aceitável e necessário estar sempre fazendo e pensando em 1000 coisas ao mesmo tempo, mas menosprezamos o efeito ruim que isso tem sobre o funcionamento do nosso cérebro e comportamento.

O mental é parte fundamental para a e influencia diretamente no comportamento alimentar e no peso e ter tempo para descanso, estipular limites e saber desacelerar faz parte do tratamento de quem sofre com .

Quando a vontade de comer se torna incontrolável e quase uma obrigação, gerando sentimentos de frustração e falta de controle, pode ser indício de um transtorno alimentar e precisa ser avaliado por um médico especialista, em geral endocrinologista ou psiquiatra.

O tratamento medicamentoso e psicoterápico nesses casos de ansiedade e comer impulsivo são essenciais para permitir a recuperação da percepção de auto eficácia e permitir a mudança de hábitos, com a interrupção do comportamento destrutivo e início de um ciclo virtuoso, com melhora do bem estar físico e mental, perda de peso, melhora do sono e dos relacionamentos.

Quando falamos de compulsão alimentar não estamos falando de comer uma caixa de bombom inteira quando está estressado, mas de comer mesmo sem querer, mesmo sem , mesmo sentindo mal e NÃO CONSEGUIR parar de comer enquanto não acaba. Muitas vezes envolve comer coisas que não gosta e a necessidade de se sentir desconfortavelmente cheio para conseguir parar de comer. Pode ser seguido de mal estar físico, mas principalmente de mal estar mental, sensação de falha e de insuficiência. Existem critérios para o diagnóstico e não deve ser definido sem conhecer o paciente em questão, mas o atraso no diagnóstico torna ainda mais sofrido o caminho do paciente com obesidade e compulsão.

O caminho até os episódios de compulsão alimentar clássicos passa por períodos de perda de controle menos graves, com a sensação de incapacidade de fazer diferente e merece uma avaliação cuidadosa. Nesses casos, muitas vezes o uso de um inibidor de apetite não traz benefício, pois mesmo sem fome, os episódios de impulso podem continuar acontecendo e, se não identificados, contribuem para a sensação de falta de capacidade de perder peso.

Se você, ou alguém que você conhece, vive comendo por ansiedade, se sente sem controle sobre as quantidades e escolhas de alimentos e bebidas e se sente mal por isso, procure ajuda especializada, falar sobre esse comportamento com psicólogo psiquiatra, nutricionista ou endocrinologista que está te acompanhando no processo de tratamento de obesidade permite adequar o tratamento e pode te libertar dessa sensação de ser mandado pela comida.

A comida é parte da nossa vida, mas não pode ser o centro ou o personagem principal. Os comportamentos são aprendidos e não parte de quem somos, então apesar de não ser trivial, é possível mudá-lo . Requer estratégia, motivação e persistência.

Colocar hábitos alternativos no lugar e criar novas associações mais saudáveis, permitem que o novo hábito se consolide e vire parte da rotina. Nessa jornada o auto registro e o acompanhamento dos resultados é essencial. Outra ferramenta útil é a confecção de cartões de enfrentamento e a lista de vantagens que se espera alcançar na mudança dos hábitos. Então da próxima vez que se pegar comendo por ansiedade, procure pensar o que você está buscando e como poderia conseguir de outra forma e retome as rédeas das escolhas alimentares. E, claro, busque ajuda!

Leia também a matéria: https://lumesaudeebeleza.com.br/obesidade

Biografia:

Sou Dra. Letícia Maria Alcantara Margallo, médica formada pela UFRJ, fiz clínica médica na UERJ e voltei para fazer a Residência médica em  , e metabologia na UFRJ. Tenho uma verdadeira paixão por estudar e procurar formas de tornar vidas mais leves e saudáveis, criei planos de acompanhamento Fique Leve com atendimento integral e profissionais associados que tem a mesma missão de conexão com cada pessoa que nos procura e impactar a sua vida da melhor forma possível. Minha clínica – Dra Leticia Margallo – Endocrinologia Integral está na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ. Mas atendemos pacientes de todo brasil através do teleatendimento / teleconsulta. Para marcação e dúvidas – (21) 97202-0703 e tem muito conteúdo sobre como combater a obesidade e diabetes no meu perfil do Instagram @draleticiamargallo

 

Dra. Letícia Maria Alcantara Margallo

Formação

Médica Especialista em: Endocrinologia, Nutrologia e Metabologia.

CRM 52-95849-2/RQE 27838

Endereço: Av. Ayrton Senna, 2600, Office I, bloco 5, sala 252, Link Mall e stay, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ.

Telefones: 21 97202-0703

Instagram: @draleticiamargallo

Redação Lume

Somos a redação da Lume, buscamos em sites relacionados com Saúde, Beleza, Estética e Bem-estar informações relevantes no mundo para você.Se quiser publicar a sua matéria em nosso portal envie e-mail para redacao@lumesaudeebeleza.com.br

Todos os posts

Posts Relacionados

  • All Post
  • Beleza
  • Bem estar
  • Convidados
  • Editorial
  • Entrevistas
  • Estética
  • Notícias
  • Saúde
Fonte Freepik

8 de março de 2024/

Dia Internacional da Mulher – Nossa homenagem será durante todo o mês de março O Dia…

Publicidade
Ads
Ads

Nota: A informação online é valiosa, mas não substitui a consulta médica. Websites oferecem conhecimentos gerais, porém, cada pessoa é única. A avaliação profissional personalizada é crucial para diagnósticos precisos e tratamentos adequados. Autodiagnóstico e automedicação apresentam riscos. Médicos atualizam constantemente seu conhecimento. Consultas regulares são essenciais para detectar precocemente problemas de saúde. Use a internet como complemento educacional, mas confie no profissional de saúde para decisões informadas sobre seu bem-estar.

© 2024 Lume Saúde e Beleza | Todos os direitos reservados | CNPJ: 52.292.734/0001-95

Criado por www.digitalpathx.com.br

Categorias

Tags